0

Review on «Os Garotos de Liverpool»

By Elio Sant’Anna Pedrozo Campos (in Brazilian Portuguese)

Com mais de 10 anos de estrada, esse é um projeto que estreia por aqui com um single-duplo revelado nas plataformas de streaming em Maio e que iremos falar mais sobre abaixo.

Lançado há mais de um trimestre, o single ‘Lazy Day/Standing Back’ mostra a razão de estarem, de maneira merecida, entre as nossas descobertas. Sendo faixa completamente experimentais, eles entregam para o público ouvinte uma instrumentação muito bem executada a riquíssima, com grandiosos instrumentos de sopro e uma bateria cadenciada que é tocada com  maestria durante toda a extensão de cada uma das faixas, com sonoridade que caberia facilmente nos clubes de jazz, funk norte-americano e das big bands.

Com a formação sendo essencialmente do jazz, eles entregam um belíssimo groove que funde com sintetizadores, loopings e efeitos de instrumentos como o trompete ou até mesmo baixo.

«A faixa de abertura é composta pelo baixista Jean-Pierre Schaller, um tema suave que evolui suavemente ao longo de toda a peça,enq enquanto a segunda faixa, composta pelo trompetista Kriz Flueler é um exercício relaxado maior/menor, que é habilmente escondido por uma melodia sofisticada. No estúdio as faixas básicas foram enriquecidas por um Kriz multiplicado tocando trompetes adicionais, flugelhorns, trombones de válvula e até uma tuba», comenta o release oficial.

https://www.osgarotosdeliverpool.com.br/2022/08/muso-soup-singles-32-venustra-belz.html

facebooktwittergoogle plus